A exposição virtual INTERSECÇÕES é um evento do programa de extensão da Universidade de Brasília, cujo propósito é mostrar o resultado de um semestre de pesquisa dos discentes das disciplinas Arte Eletrônica 1, Animação, Introdução à Gravura e Materiais em Arte 2.
Desde o início do ano de 2020 foi preciso muita disposição para lidar com os problemas causados pela pandemia da COVID-19. O primeiro deles foi a suspensão do calendário acadêmico das universidades brasileiras, seguido do período de adaptação dos docentes e discentes ao modo remoto de comunicação e aprendizagem, modalidade de ensino que viabilizou a retomada das atividades acadêmicas no contexto atípico imposto pelo isolamento social.
A rotina das aulas foi intensa e as diversas atividades teórico-práticas exigiram dos discentes novos meios e formas de pesquisa, além do desafio de manter o desejo de seguir em frente apesar das limitações que o ensino remoto coloca.
A exposição INTERSERCÇÕES é o resultado dos encontros semanais virtuais - aulas síncronas e assíncronas – que oportunizaram discussões, apresentações de filmes, leitura de textos e de obras de artistas referentes aos contextos discutidos, além de tutorias com sugestões para o desenvolvimento dos trabalhos práticos. As trocas foram ricas, promovendo o incentivo para a produção poética individual e a aproximação entre os integrantes do grupo.
Para a execução das obras foi preciso um novo olhar sobre a própria produção e lançar mão tanto dos recursos materiais disponíveis ao alcance de cada um, quanto das singularidades individuais, pois apesar de todas as limitações, o ambiente doméstico se revelou um potente campo para a pesquisa poética e para a descoberta de novas metodologias de trabalho.
Podemos dizer que o semestre letivo de isolamento social reforçou a inegável presença dos fenômenos tecnológicos no âmbito das novas perspectivas e possibilidades estéticas. Nesse sentido, a exposição INTERSECÇÕES apresenta-se como uma mostra dos processos de investigação poética no espaço virtual e das intersecções entre as diferentes pesquisas realizadas ao longo do semestre. Ela nos mostra também que mesmo diante de tantos desafios e desesperanças, a resiliência, a resistência e a persistência ainda nos fazem crer no papel fundamental que a arte cumpre.

Andrea Campos de Sá
Artur Cabral
Lynn Carone